«

»

ago 26 2010

Cláudio Mannarino quer transformar ruínas de olaria num Centro Cultural

ruinascentroO Prefeito Cláudio Mannarino anunciou esta semana sua intenção de transformar as ruínas da antiga olaria, localizada na Boca da Barra, entrada do Bairro Santo Antônio da Cachoeira (Grotão), num Centro Cultural.

A idéia é construir o prédio a partir das próprias ruínas, ou seja, aproveitando a estrutura atual, confeccionada em pedras e tijolos maciços, valorizando o pouco que restou da antiga estrutura física da Cerâmica Tupy Industrial São Jorge.

“Vamos transformar as ruínas num local de concentração cultural, para apresentações artísticas em geral e desenvolvimento de ações e projetos culturais. Levy Gasparian hoje não conta com um local exclusivo para este fim e nosso objetivo com a implantação do Centro Cultural é fomentar a cultura em nosso município. Aliando o rústico ao moderno, teremos um prédio com arquitetura única em toda a região..” Afirmou Cláudio Mannarino, acrescentando que o projeto está em fase de elaboração, seguindo posteriormente para a busca de recursos junto aos governos estadual, federal e iniciativa privada.

Vale destacar que as ruínas estão localizadas atrás das obras da Policlínica e da escola. Segundo o prefeito gaspariense, o espaço restante dará lugar a uma bela praça, transformando radicalmente aquela área, até então abandonada pelo poder público.

SAIBA MAIS SOBRE AS RUÍNAS

Segundo o historiador José Roberto Vasconcelos, o local onde hoje encontram-se as ruínas da extinga Cerâmica São Jorge, era a sede da Fazenda Cachoeira, pertencente ao Tenente-Coronel Antônio José Barbosa de Andrade, um dos filhos de Hilário Joaquim de Andrade, o Barão do Piabanha.

Em 1861, mais precisamente em julho, por ocasião da inauguração da Estrada União e Indústria, o Barão do Piabanha recepcionou na Fazenda Cachoeira, o Imperador D. Pedro II e toda a Família Imperial, em grande almoço festivo, com a animação de uma banda de música composta por escravos da fazenda.

Do nome do Tenente-Coronel – Antônio e da denominação da Fazenda – Cachoeira (ainda segundo José Roberto), teria surgido o nome do bairro Santo Antônio da Cachoeira – Grotão. (Imprensa PMCLG)