«

»

abr 28 2016

Levy inicia neste sábado campanha de vacinação contra gripe H1N1

medical_syringe_20918A Prefeitura de Comendador Levy Gasparian, através da Secretaria de Saúde, inicia neste sábado a Campanha de vacinação contra a Influenza  –  H1N1. Segundo a Secretaria, nesta primeira fase serão vacinadas crianças de 06 (seis) meses a 05 (cinco) anos de idade; adultos e idosos portadores de diabétes 1 e 2; portadores de doenças cardiovasculares, pulmonares crônicas, asma grave, disfunção renal, portadores sintomáticos e assintomáticos  do vírus HIV e idosos acima de 60 anos.

Também estarão recebendo a vacina os profissionais da área da saúde, puérperas (mulheres que deram a luz) em até 45 dias e gestantes.

A vacina é contra indicada para pessoas que têm alergia ao ovo, quem estiver com febre, diarréia, estejam fazendo uso contínuo de corticóides há mais de 15 dias e/ou antibióticos, em qualquer dosagem. Nesses casos, deve-se esperar pelo menos 30 dias para tomar a vacina.

A primeira fase da campanha será realizada no sábado, 30 de abril, das 08h às 16h, em todos os postos de saúde e também na Clínica Fernanda Monteiro Marques, no centro. Haverá também posto volante percorrendo os bairros Fábrica e Fernandes Pinheiro, além da zona rural.

Sobre a Influenza – Comumente conhecida como gripe, a Influenza é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna. Frequentemente é caracterizada por início abrupto dos sintomas, que são predominantemente sistêmicos, incluindo febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, mialgia e anorexia, assim como sintomas respiratórios com tosse seca, dor de garganta e coriza. A infecção geralmente dura uma semana e com os sintomas sistêmicos persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.

            O vírus é facilmente transmitido por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar.

Algumas pessoas, como idosos, crianças novas, gestantes e pessoas com alguma comorbidade possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à Influenza, sendo a vacinação a intervenção mais importante na redução do impacto da doença.